Lucas Pretti (São Paulo, 1983) is a visual artist, activist, editor, and researcher based in Madrid. His work critically explores the interrelations between media, technology and power under techno-capitalism through a variety of mediums and techniques, spanning installation, publishing, media art and performing arts. His scholarly focus is on tracking and promoting commons-based organizing practices among art collectives, with particular attention to emerging aesthetics from the global south. He holds a MA in Visual Arts from the Institute of Arts of the São Paulo State University, and a BA in Journalism and Mass Communications from the Faculty of Architecture, Arts, Communication and Design of the same university. Additionally, he holds a postgraduate diploma from the Independent Studies Program of the Barcelona Museum of Contemporary Art (PEI-MACBA). His artwork has been presented in renowned institutions, museums and events such as Ars Electronica, Bienal Sur, MACRO, MAM Rio, MACBA, Museu Nacional da República, Instituto Tomie Othake, SESC, Cinemateca Brasileira, Cryptorave, Mozilla Festival, RightsCon, CulturaDigital.Br and Creative Commons Global Summit among others. His career in the internet and not-for-profit industries includes global campaigns, communications and product management positions at Change.org, aside from many roles and contributions with top-tier media outlets such as Le Monde Diplomatique, The Huffington Post, Estadão and Editora Abril.

He is currently a product manager at transmediale / art & digital culture in Berlin, an artist in residence at Condeduque Madrid and is experimenting with collective publishing at La Tabacalera.

Lucas Pretti (São Paulo, 1983) é artista visual, ativista, editor e pesquisador. Vive e trabalha em Madri. Seu trabalho explora criticamente as inter-relações entre mídia, tecnologia e poder no tecnocapitalismo através de diferentes meios e técnicas, abrangendo instalações, publicações, arte-tecnologia e artes cênicas/da performance. Seu foco acadêmico é rastrear e promover práticas baseadas em bens comuns entre coletivos de arte, com atenção especial às estéticas do sul global. É mestre em Artes Visuais pelo Instituto de Artes da Universidade Estadual Paulista (Unesp) e bacharel em Jornalismo e Comunicação Social pela Faculdade de Arquitetura, Artes, Comunicação e Design da mesma universidade. Além disso, é pós-graduado pelo Programa de Estudos Independentes do Museu de Arte Contemporânea de Barcelona (PEI-MACBA). Seus trabalhos já foram apresentados em instituições, museus e eventos renomados como Ars Electronica, Bienal Sur, MACRO, MAM Rio, MACBA, Museu Nacional da República, Instituto Tomie Othake, SESC, Cinemateca Brasileira, Cryptorave, Mozilla Festival, RightsCon, CulturaDigital. Br e Creative Commons Global Summit, entre outros. Sua carreira nos setores de internet e sem fins lucrativos inclui cargos globais de campanhas, comunicações e produtos digitais na Change.org, além de ter ocupado diversas funções e contribuído com meios de comunicação como Le Monde Diplomatique, The Huffington Post, Estadão, Época e Editora Abril.

Atualmente é gerente de produtos do transmediale / art & digital culture em Berlim, artista residente no Condeduque Madrid e está experimentando com publicações coletivas na La Tabacalera.
 

m. lucas [at] pretti-et.al
in. tw. @pretti_et_al

Log